Dupla suspeita de traficar tinha grupo de WhatsApp para entregar droga por delivery

Foto encaminhada pela Força Tarefa

 Foto encaminhada pela Força Tarefa

Uma dupla suspeita de traficar drogas em Teresina tinha um grupo na rede social para entregar os pedidos aos clientes por meio de delivery.  Os suspeitos foram presos nesta quarta-feira (06) no bairro Parque Ideal pela equipe da Força Tarefa da Secretaria Estadual de Segurança. 

Os presos foram identificados como J.V.C.S e J.A.F.O e deverão responder pelos crimes de tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico. Eles foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Teresina. 

“Eles eram ‘parceiros de negócios’. Faziam delivery de drogas, usando caixa térmica (de entregador por aplicativo) e um colete de mototaxista para disfarçar. Eles tinham um grupo de WhatsApp. Os clientes faziam o pedido e recebiam em casa o material”, diz o comandante da Força Tarefa, capitão Frazão Neto. 

O capitão ressalta que um dos suspeitos foi preso pelo crime de tráfico de entorpecentes em dezembro de 2020, inclusive estava com monitoramento eletrônico. 

Uma “espécie” de maconha, chamada “maconha in natura” foi apreendida com os galhos espetados dentro de uma caixa de isopor.  Além da droga, a polícia também apreendeu balança de precisão, celulares, dinheiro e outros tipos de maconha. Uma motocicleta e um carro também foram apreendidos na ação. 

APREENSÕES

* 03 - Balanças de precisão 
* 03 - Trituradores 
* 01 - Máquina para pagamentos
* 02 - Celular, marca REDIMI
* 01 - Bolsa para entrega delivery 
* 01 - Colete de mototaxi
* 01 - VW/GOL, cor branco 
* 01 - HONDA/BROS, cor vermelha
* Um tablete e meio maconha
* Quatro porções menores de maconha
* 01 - Recipiente com sementes de maconha
* 01 - Isopor com mudas de maconha
* R$ 92,85


Carlienne Carpaso/cidadeverde.com 

Mais de Polícia