Homem mata a esposa com tiro de espingarda em Campo Maior

O Homem tentou se jogar na frente de um caminhão, porém populares conseguiram com que o condutor do veículo parasse a tempo de evitar o acidente.

Mulher é assassinada pelo marido em Campo Maior. Foto: reprodução

 Mulher é assassinada pelo marido em Campo Maior. Foto: reprodução

Um mototaxista identificado como Francisco Magno Soares da Costa matou a sua esposa, Maria de Nazaré dos Reis Santos, de 50 anos, com um tiro de espingarda dentro da casa onde moravam, na noite desta terça-feira (27/07), no Bairro de Fátima, ás margens do Açude Grande em Campo Maior. 

Maria de Nazaré dos Reis Santos, de 50 anos, foi assassinada com um tiro no pescoço na cidade de Campo Maior — Foto: Reprodução
Maria de Nazaré dos Reis Santos, de 50 anos, foi assassinada com um tiro no pescoço na cidade de Campo Maior — Foto: Reprodução

Segundo informações do major Etevaldo, comandante do 15º BPM, o casal vivia se desentendendo, de acordo com vizinhos e familiares, eles estavam vivendo juntos a cerca de 1 ano e meio, mas se tratava de um relacionamento cheio de brigas e discussões. 

Espingarda que teria sido usada no crime foi apreendida pela PM — Foto: Polícia Militar
Espingarda que teria sido usada no crime foi apreendida pela PM — Foto: Polícia Militar

Na noite desta terça, o homem chegou em casa, visivelmente embreagado quando discutiu com a companheira e em seguida pegou uma arma de fogo, do tipo espingarda e efetuou um disparo que atingiu o pescoço da esposa. Ela morreu na hora. 

Na sequência, o homem tentou se jogar na frente de um caminhão, porém populares conseguiram com que o condutor do veículo parasse a tempo de evitar o acidente.

Mulher é assassinada dentro de casa com tiro de espingarda e marido é preso, em Campo Maior — Foto: Polícia Civil
Mulher é assassinada dentro de casa com tiro de espingarda e marido é preso, em Campo Maior — Foto: Polícia Civil

A cena do crime foi isolada pela guarnição da Polícia Militar e o homem foi preso em flagrante. O caso será acompanhado pela Polícia Civil. 

Fonte: 180 graus

 

Mais de Polícia